2 de novembro de 2011

Encontro de Catequese - Tema: Profetas

Acolhida – Acolher os catequizandos com alegria e cânticos animados.

Oração Inicial – Lembrar que esta semana celebramos o dia de Todos os Santos. Pedir para cada criança falar o nome de um santo que conhece. O catequista deve concluir este momento dizendo que existem muitos outros santos que nós não conhecemos. Refletir com todos: O que é necessário para se tornar um santo? Cada um de nós é convidado a ser santo em casa, na escola, nas ruas, na Igreja ... onde quer que a gente vá. Fazer uma oração espontânea, pedindo a Deus que nos ajude a ser cada dia mais santos.

Evangelho do dia – Mt 5, 1-12a
Após a oração inicial, fazer a leitura do evangelho e refletir: O que o evangelho diz para nós, hoje? Quem são os bem-aventurados que nós conhecemos e por quê?
Sugestão para o evangelho: Levar som e colocar o Sermão da Montanha narrado por Cid Moreira.

Recordando o encontro anterior – Relembrar o que aprendemos no encontro anterior e corrigir as atividades propostas.

Motivação (ver):
- Contar para os catequizandos a história de um acontecimento onde alguém falava sempre a verdade e sofreu muito por isso. Ex: História da Irmã Dorothy.
Obs: Pode-se usar histórias do cotidiano das crianças também. Perguntar se eles conhecem alguma pessoa que diz sempre a verdade.

Colocação do tema (julgar):
- Falar sobre os profetas;
- Explicar que os profetas eram pessoas escolhidas por Deus para levar sua mensagem ao povo. Eram pessoas que viviam conforme a vontade de Deus, cumprindo fielmente os Mandamentos;
- Existem os profetas maiores (Isaías, Jeremias, Ezequiel e Daniel) e os profetas menores (todos os outros), que são chamados assim porque deixaram poucos escritos;
- Mostrar onde se encontram, na Bíblia, os livros proféticos;
- Profeta é todo aquele que tem coragem de denunciar as injustiças, defender os pobres, criticar as opressões, construir a fraternidade ...
- Explicar que todo profeta fala em nome de Deus e não em seu próprio nome. Os “Falsos Profetas” falam em seu próprio nome e fazem a sua vontade, não se importando muito com a vontade de Deus;
- Refletir: Vocês conhecem algum profeta em sua comunidade? E falso profeta?

Dinâmica – O profeta, o povo e o carrasco
Faça 1 papel com o nome PROFETA, um com o nome CARRASCO e vários com o nome POVO (o suficiente para o restante da turma). Cada um sorteia um papelzinho e o catequista explica: O profeta vai tentar salvar o povo e o carrasco vai tentar prender o profeta. Quem pegou o nome Profeta deve olhar discretamente para cada pessoa e piscar o olho, sem que o carrasco perceba. O povo, quando ver o profeta piscar pra você deve falar bem alto: Estou salvo! O profeta deve tentar salvar todo o povo sem que o carrasco perceba. O carrasco, por sua vez, se descobrir o profeta, deve dizer: Profeta ______________ (nome do catequizando) você está preso. Quando o profeta for preso ou quando salvar todo o povo, faz-se um novo sorteio e começa a brincadeira novamente.

Agir Transformador (ação):
- Procurar agir como profeta, durante a semana, cumprindo os mandamentos e fazendo somente a vontade de Deus.

Atividade – Lição 17 do livrinho.

Oração Final – Concluir o encontro explicando que os profetas foram escolhidos por Deus para falar ao povo e tudo o que eles falam é ação do Espírito Santo.
Pegue uma bola de encher e explique: Vejam esta bola de encher (mostre a bola vazia), assim vazia ela não serve para brincar nem enfeitar. Assim também é o cristão sem o Espírito Santo, não sabe amar, perdoar ... Encher a bola e falar: Agora a bola está cheia, mas nós não vemos o ar. Assim também é o Espírito Santo, nós não o vemos, mas ele age em nós. Vejam o que acontece se Vejam o que acontece se eu soltar a bola de encher (solte a bola e deixe ela sair voando)eu soltar a bola de encher (solte a bola e deixe ela sair voando). Quem fez a bola voar? (o ar que saiu dela) Assim também o Espírito Santo sopra onde Deus quer a nossa presença. Encher novamente a bola e apertar a boca, para o ar sair fazendo barulho. Assim como o ar que passa na boca da bola faz barulho, o Espírito Santo também fala através de nós.

Vamos fazer uma oração, pedindo ao Espírito Santo que venha sobre nós e nos ajude a fazer somente a vontade de Deus.
  
   “Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus.”

Um comentário:

  1. Oii Kesia, este encontro ficou super bacana!
    Parabéns pela dedicação em tornar o encontro interessante e descontraído para os catequizandos!

    Beijos,
    Layse

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...