18 de janeiro de 2012

Dinâmica para reunião de pais

Convide dois voluntários para realizar a dinâmica, que deve ser uma criança com seu respectivo responsável. Espalhe vários objetos pela sala, formando uma fila que representa o caminho para se chegar até Jesus. No final desse caminho, coloque uma imagem de Jesus. Peça para a criança realizar o percurso, passando por cima dos obstáculos, com a ajuda do responsável. O adulto deverá conduzir a criança pela mão, com cuidado para que ela não derrube nenhum obstáculo. Deixe pouco espaço entre os objetos, aproximadamente o tamanho do pé de uma criança. Cada objeto deve ter um significado, de acordo com a mensagem que se deseja transmitir aos pais.

Sugestões:
Brinquedo (Os atrativos da tecnologia)
Bebida (Álcool)
Cigarro (Drogas)
Porta-retrato de família (Família)
Livro (Escola)
Rádio (Festas)
Imagem de um santo (Religião)

Depois que a criança realizar o percurso, você deve vendar os olhos e explicar que, neste momento, ela irá percorrer todo o caminho de olhos fechados e sem a ajuda da mão que a conduzia. O responsável deve apenas dar as instruções de longe. Porém, quando a criança estiver de olhos vendados, retire todos os objetos do caminho, ela deverá caminhar sem saber que os objetos foram retirados. Quando chegar em Jesus, o catequista retira a venda e pede para ela olhar o caminho que percorreu.

Ao final, pergunte o que os participantes sentiram. Em seguida, faça uma reflexão sobre o sentido desta dinâmica, explicando que o caminho que nos leva até Jesus é cheio de obstáculos: as drogas, o álcool, as festas, a religião, etc. Nós somos responsáveis por conduzir estes pequenos até Jesus, orientando para que não tropecem diante dos obstáculos que nos impedem de seguir adiante. Nesta fase da vida, eles caminham como se estivessem de olhos vendados, cabendo aos pais e responsáveis, conversar, orientar e até conduzir pela mão, se necessário.

Após a dinâmica, seria interessante refletir com os pais, o seguinte texto de Padre Zezinho:

Se a vida em família fosse um campeonato entre pais e filhos, um bom resultado seria este: 6 a 4 para os pais. Nem pais eternos vencedores, nem filhos eternos perdedores. Se no fim do campeonato filhos crescidos, feitas às contas, se constatar que os pais venceram de pouco, mas venceram. E os filhos perderam de pouco, mas perderam para seus pais. Seria uma honra para os pais terem vencido como quem respeita e para os filhos terem perdido para pessoas tão competentes. Filhos ou pais derrotados são filhos ou pais infelizes Por isso escreva, anote e prenda na parede de sua casa para que nenhum dos lados esqueça o que é jogar o jogo da vida em família.

Este placar:

Pais 10 x 0 - Durões, cruéis e prepotentes, donos absolutos dos filhos... maus pais.

Pais 9 x 1 - Raramente dão liberdade. Marcação cerrada... amam, mas amam errado.

Pais 8 x 2 - Começam a confiar, mas ainda com medo... amam, mas ainda não amam certo.

Pais 7 x 3 - Admitem pedir desculpas e voltar atrás. Estão amando certo, mas ainda falta um pouco

Pais 6 x 4 - Vitoriosos com classe. Sabem quando pedir e quando mandar, exigir, sabem disciplinar, amorosos.

Pais 5 x 5 - Liberais demais. Os filhos se acham no mesmo nível dos pais. E os pais acham que é assim mesmo. Todo empate é perigoso na vida em família. Filho nunca é igual a pai e mãe. Não existe este empate. Se existir é mal.

Filhos 6 x 4 - A família começa a ir mal. Os filhos estão sempre conseguindo o que querem; errado.

Filhos 7 x 3 - Os filhos estão mentindo, enganando os pais e estes se calam sabendo que é errado.Filhos 8 x 2 - Os filhos já estão prepotentes. Apontam, erguem a voz, desrespeitam, impõe sua vontade e sabem que vão acabar vencendo por que os pais são fracos. Estão encurralados.

Filhos 9 x 1 - Existe droga, violência e ingratidão naquela casa. Acabou o respeito. A mãe não tem mais força nenhuma sobre os filhos. O pai é um “Zé ninguém”. Os filhos mandam e desmandam. Baderna geral.
Filhos 10 x 0 - A família acabou. Os filhos derrotaram seus pais. Tem gente maldita naquela casa.

Se em sua casa os filhos estão perdendo por mais de 6 a 4 ou empatando de 5 a 5, ou vencendo, comece a procurar ajuda! Sem carinho e autoridade pais e filhos acabam perdendo o rumo e nosso país não pode mais suportar isso. Nosso país precisa mais de escolas e mais colo inteligente e amoroso porque a escola mais importante e o colo mais gostoso ainda está lá... Na sua casa!” (Pe. Zezinho)

3 comentários:

  1. Oi, sempre compartilhamos ideias, eu com o texto para formação de catequistas e você com esse para reuniões de pais, por isso é importante a nossa união.

    paz e luzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

    ResponderExcluir
  2. lindooooo vou colar no meu blog rsrr e colocar teu link é claro.

    ResponderExcluir
  3. gostei desse blog, e gostaria que me ajudasse a divulgar o meu blog católico; http://sonharcomojesussonhou.blogspot.com/ e já sou seguidor do seu.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...