22 de abril de 2013

Dinâmica "Montando a casa"

Essa dinâmica é bem interessante para fazer na reunião de pais, da catequese.

Comece lembrando a história dos três porquinhos. Pergunte se todos conhecem a história e explique que, assim como os porquinhos, vamos construir três casas, uma de palha, uma de madeira e outra de tijolos.

Separe os pais em três grupos. Cada grupo representa um tipo de casa. Os pais deverão falar o que é necessário para construir a sua casa, enquanto isso, um catequista em cada grupo vai anotando tudo.

Após alguns minutos, os catequistas apresentam a conclusão de cada grupo, o que é necessário para construir cada casa? O apresentador vai apresentando e fazendo uma reflexão sobre cada casa.

Primeiro a casa de palha - Como podemos perceber não é necessário muita coisa para construir esta casa. Porém, ela é muito frágil e vai desmoronar na primeira dificuldade. Esta casa representa a família que não é bem estruturada, não busca a Deus e, assim como na história dos três porquinhos, o lobo facilmente vai derrubá-la.

Em seguida a casa de madeira - Certamente será preciso algo mais para construir esta casa. A quantidade de material necessária é bem maior que na casa anterior. Mesmo assim, essa ainda não é uma casa segura, pois o lobo também conseguiu derrubá-la. Esta casa representa a família que se preocupa em construir a casa, mas não dá muita atenção para o mais importante: a base familiar. Esta família busca a Deus quando lhe convém. São aqueles que se dizem “católicos não praticantes” e, na maioria das vezes, recebem os sacramentos apenas por conveniência, por isso, também não estão firmes diante dos desafios e desmoronam quando as dificuldades aparecem.

Finalmente, a casa de tijolos - Esta casa precisa de muito material e esforço para ser construída. Ela representa a família que se preocupa em construir, diariamente, uma base sólida. Apesar de segura, a casa não está livre das tentações. Na história dos três porquinhos, o lobo também tentou contra esta casa, mas não conseguiu derrubá-la, pois a sua estrutura era forte e o seu alicerce bem feito. Semelhante a história, esta família sofre inúmeras tentações, mas não se deixa abalar, pois o seu alicerce está no amor de Deus. Esta família está sempre se alimentando de Jesus, o pão da vida e busca, a cada dia, fortalecer ainda mais a sua união, construindo um lar onde nenhum inimigo será capaz de entrar ou derrubar.

Depois de apresentar as três casas, vamos refletir:
- Como está a minha casa hoje?
- Como estou cuidando da minha família?
- O que posso fazer para cuidar melhor da minha família e protegê-la do inimigo?

Ao final, concluímos a mensagem com a leitura do evangelho: Mt 7,21-29.




Um comentário:

  1. KESIA,PARABÉNS, COMO SEMPRE VC ARRASOU. AMEI A DINÂMICA. BEIJUS AMIGA

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...